Sexta, 24 de Setembro de 2021
20°

Alguma nebulosidade

Rio de Janeiro - RJ

Geral Amazonas

UEA e Aeroclube do Amazonas firmam parceria inédita

O primeiro Termo de Cooperação Técnica firmado no Amazonas entre instituições da educação e da aviação.

15/09/2021 às 18h35
Por: Redação ND1 Fonte: Secom Amazonas
Compartilhe:
Parceria inédita. Fotos: Phil Lima/Ascom UEA
Parceria inédita. Fotos: Phil Lima/Ascom UEA

O primeiro Termo de Cooperação Técnica firmado no Amazonas entre instituições da educação e da aviação, que tem por finalidade estabelecer a conjunção de esforços acadêmicos técnicos e científicos para a realização de atividades de ensino, pesquisa e extensão, foi assinado na manhã desta quarta-feira (15/09), pelaUniversidade do Estado do Amazonas(UEA) e o Aeroclube do Amazonas (ACA).

A solenidade aconteceu na sede da reitoria, com a presença do reitor Cleinaldo de Almeida Costa, e o presidente do ACA, Luiz Mário de Oliveira Peixoto.

Para Cleinaldo Costa, a assinatura desse termo é um avanço enorme para o Estado, uma vez que as instituições estão unindo esforços para ofertar serviços no setor de aviação que neste momento não estão disponíveis na região.

O reitor destacou, ainda, que o acordo oportuniza o desenvolvimento da ciência aeronáutica em Manaus, além de proporcionar um novo cenário na universidade e nas engenharias.

“Quero agradecer a honra, a oportunidade e a confiança depositada pelo ACA na nossa universidade. É a primeira vez no Amazonas que acontece uma parceria desse tipo e com esses objetivos. Agradeço também aos profissionais da Escola de Tecnologia da UEA que não medem esforços para desenvolver um cenário tão importante para os nossos alunos”, afirmou.

Ainda conforme o reitor, a dependência em relação a outros estados para realizar esse tipo de manutenção em aeronaves deve acabar. “Vamos eliminar esse problema e resolver essa situação aqui no Amazonas. E o mais importante, vamos qualificar o quadro para que os municípios do interior possam efetuar a manutenção, prevenção e o reparo em aeronaves. Tenho certeza que esse termo trará bons frutos em breve e um mar de possibilidades para o nosso Estado”, disse.

O presidente do ACA disse que, assim como para a universidade, a assinatura do termo trará um desenvolvimento muito grande para a aviação do Amazonas, para a tecnologia de manutenção de aeronaves em Manaus e para os profissionais que compõem esse setor. Luiz destacou o apoio da universidade na concretização de um projeto tão necessário para a aviação do Estado.

“Sem o apoio da UEA, não conseguiríamos implantar esse cenário no nosso Amazonas. Da mesma forma, quero agradecer e expressar a nossa satisfação em firmar esse acordo com a universidade. Quero agradecer ao reitor Cleinaldo por ter acreditado nesse projeto e ter confiado que podemos desenvolver esse sistema, por meio da cooperação técnica. Acreditamos que a partir de agora, ofertaremos um excelente serviço de manutenção em aeronaves. Isso é desenvolvimento para o Estado, para a tecnologia, para os alunos e para o Aeroclube. Vamos honrar e fazer prosperar esse convênio”, pontuou.

Participaram também da solenidade o vice-reitor da UEA, Cleto Leal, a pró-reitora de ensino e graduação da UEA, Kelly Christiane Souza, o pró-reitor de interiorização da UEA, Valber Martins, a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da UEA, Maria Paula Mourão, o pró-reitor de extensão e assuntos comunitários da UEA, André Tannus, o pró-reitor de administração da UEA, Marcos André Estácio, a pró-reitora de planejamento da UEA, Maria Olívia Simão, a diretora da Escola de Tecnologia da UEA, Ingrid Gadelha, o procurador jurídico da UEA, David Xavier, o vice-diretor do Aeroclube, Cassiano Ouroso, os diretores do Aeroclube, Eliane Paiva Melo, Francimar Barbosa, Nilton Mota, Rubelmar Azevedo Cruz, o coordenador do curso de engenharia mecânica da UEA, João Evangelista Neto e o coordenador do curso de engenharia naval da UEA, José Luiz Sansone.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários