Sexta, 12 de Julho de 2024
21°

Tempo nublado

Rio de Janeiro, RJ

Polícia Criminoso a Solto

Assalto a mão armada em ônibus da linha 2337 deixa passageiros feridos e traumatizados

Três homens armados assaltam e agridem passageiros em trajeto entre Sepetiba e Carioca

10/07/2024 às 08h26
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Redação ND1
Redação ND1

Na manhã desta quarta-feira (10), um ônibus da linha 2337 (Sepetiba x Carioca) foi alvo de um assalto a mão armada na altura de Deodoro, na Zona Oeste do Rio. Segundo relatos de passageiros, ao menos três criminosos embarcaram no veículo e, com extrema violência, roubaram pertences e agrediram diversas pessoas.

Testemunhas descrevem terror e violência durante o assalto

Um dos passageiros, identificado como Elias, narra a experiência traumática que viveu: "Assim que entraram, fiquei em pânico. Levaram minha aliança e tentaram vasculhar minha mochila. Como tinha um computador da empresa, implorei para não o levarem, mas fui brutalmente agredido. Recebi socos na cabeça, tapas no rosto e até uma coronhada."

Outro passageiro, Gilmar, confirma a ação dos criminosos e revela o que foi roubado: "Eram três homens extremamente agressivos. Entraram no ônibus com a intenção clara de roubar tudo. Levaram celulares, computadores e dinheiro de todos."

Continua após a publicidade

Uma mulher, que preferiu não se identificar, relata o horror vivenciado durante o assalto: "O que me marcou profundamente foi a duração do crime. Durou desde Deodoro até a empresa Trimaq, em Ramos. Foi um terror total. Bateram em homens, mulheres, ameaçaram... Eu levei um tapa no rosto após entregar meu celular."

A passageira também descreve a violência contra as mulheres: "Levaram meu celular enquanto eu falava com meu marido no momento do assalto. Eles recolhiam os pertences e batiam nas pessoas sem dó. Desceram em direção à Ilha do Governador humilhando e ameaçando a todos. Diziam que nos matariam e que estavam armados com dois pentes de bala. Foi muito triste ver as mulheres apanhando. Ouvíamos os gritos de dor dos trabalhadores."

Motorista confirma histórico de assaltos na linha

O motorista do ônibus, identificado como Silas, revela que este não é o primeiro assalto na linha: "Na segunda-feira, um colega foi assaltado. Ontem, outro motorista. E hoje, eu. Sempre no mesmo local, na passarela de Deodoro. Eles usam o trecho da seletiva e descem na entrada da Ilha."

Continua após a publicidade

O caso foi registrado na 37ª DP (Madureira) e a polícia investiga o crime em busca dos criminosos.

O assalto gerou grande comoção nas redes sociais, com diversas pessoas se solidarizando com as vítimas e cobrando medidas das autoridades para garantir a segurança dos passageiros do transporte público.

É importante destacar a importância da denúncia de crimes. Se você presenciar ou for vítima de um assalto, não hesite em acionar a polícia através do número 190.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários