Sexta, 12 de Julho de 2024
21°

Tempo nublado

Rio de Janeiro, RJ

Polícia Operação

Megaoperação mira tráfico e lavagem de dinheiro em cinco estados: 26 mandados de prisão e buscas na Maré

As investigações, conduzidas pela Delegacia de Combate às Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro (DCOC-LD), miram integrantes do Comando Vermelho e da Família Norte, facções que atuam em conjunto no Amazonas e no Rio de Janeiro.

09/07/2024 às 07h56
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Reprodução da internet
Reprodução da internet

Rio de Janeiro é um dos alvos da ação, com cinco prisões previstas. A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (5) uma operação contra o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, com 26 mandados de prisão expedidos para cinco estados. As investigações, conduzidas pela Delegacia de Combate às Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro (DCOC-LD), miram integrantes do Comando Vermelho e da Família Norte, facções que atuam em conjunto no Amazonas e no Rio de Janeiro.

Operação conjunta em cinco estados:

Amazonas: 15 mandados

Paraná: 3 mandados

Continua após a publicidade

Rio de Janeiro: 5 mandados

São Paulo: 3 mandados

Minas Gerais: também presente na operação

Prisão em São Paulo e buscas na Maré:

Continua após a publicidade

Um dos alvos, Alcides Benedito de Andrade, foi preso em Boituva (SP).

Na comunidade Parque União e Nova Holanda, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, as equipes policiais buscam por Caio Cardoso dos Santos, o "Mano Caio", e Sílvio Andrade Costa, o "Silvinho", considerados líderes das facções.

Confronto: Durante a operação, criminosos reagiram à ação policial e dispararam contra os agentes.

Investigações apontam elo entre tráfico no Rio e Amazonas:

Cleiton Souza da Silva, o "Cleitinho", é apontado como o responsável por abastecer comunidades da Zona Sul do Rio com drogas vindas do Amazonas.

Segundo a DCOC-LD, a operação é a segunda fase de uma ação deflagrada no mês passado, que revelou a compra de drogas por traficantes cariocas em países da fronteira com o Amazonas.

Os entorpecentes entravam no Rio de Janeiro por terra e água, sendo distribuídos pelas favelas dominadas pelo Comando Vermelho.

Ação visa desarticular quadrilhas e combater o crime organizado. A operação busca desarticular as redes de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas das facções, enfraquecendo suas atividades criminosas e protegendo a sociedade.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários