Sexta, 12 de Julho de 2024
22°

Neblina

Rio de Janeiro, RJ

Economia Aumento

Petrobras aumenta gasolina e gás de cozinha: o que muda a partir de amanhã?

A gasolina terá alta de R$ 0,20 por litro, chegando a R$ 3,01. Isso significa um aumento de 7,11% no preço final pago pelo consumidor.

08/07/2024 às 14h18
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Reprodução da internet
Reprodução da internet

A Petrobras anunciou um aumento nos preços da gasolina e do gás de cozinha para as distribuidoras, a partir de terça-feira (10 de julho).

A gasolina terá alta de R$ 0,20 por litro, chegando a R$ 3,01. Isso significa um aumento de 7,11% no preço final pago pelo consumidor.

O gás de cozinha de 13kg subirá R$ 3,10, passando para R$ 34,70, um aumento de 9,81%.

Este é o primeiro reajuste da gasolina em 2024 e o primeiro do gás de cozinha desde julho de 2023.

Continua após a publicidade

O diesel não teve alteração no preço.

Gasolina: O aumento da gasolina é justificado pela Petrobras pela elevação dos preços do petróleo no mercado internacional e pela desvalorização do real frente ao dólar. Segundo a estatal, a parcela da Petrobras no preço final da gasolina ao consumidor passará para R$ 2,20 por litro, um aumento de R$ 0,15.

Gás de cozinha: O preço do gás de cozinha também subiu devido à alta do petróleo e do gás natural no mercado internacional. Segundo a Petrobras, a empresa reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em R$ 7,34 por botijão de 13kg desde o final de 2022.

O aumento da gasolina deve pressionar a inflação no país, já que o combustível é utilizado em diversos setores da economia.

Continua após a publicidade

O gás de cozinha também é um item essencial no orçamento das famílias brasileiras, e o aumento do preço deve pesar no bolso do consumidor.

Para economizar na gasolina, é importante dirigir de forma consciente, evitando freadas bruscas e acelerações desnecessárias. Também é importante manter os pneus calibrados e o carro revisado.

Para economizar no gás de cozinha, é importante usar o botijão com cuidado, evitando desperdícios. Também é importante pesquisar preços antes de comprar o botijão.

A Petrobras informa que os preços finais da gasolina e do gás de cozinha ao consumidor podem variar de acordo com os impostos e as margens de lucro das distribuidoras e revendedores.

A estatal também informa que monitora os preços do petróleo e do gás natural no mercado internacional e que pode realizar novos ajustes nos preços dos combustíveis no futuro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários