Sexta, 12 de Julho de 2024
22°

Neblina

Rio de Janeiro, RJ

RJ Notícias Escândalo

Nepotismo na Administração de Niterói: cinismo em família

Subsecretário de Administração de Niterói emprega cinco familiares na pasta, sem critérios claros

21/06/2024 às 20h41
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Reescreva texto com título e subtítulo
Reescreva texto com título e subtítulo

O subsecretário de Administração de Niterói, Marcelo Rodrigues, nomeou cinco parentes para cargos na pasta, sendo que dois deles, sua mãe e sua esposa, nunca foram vistos por outros funcionários.

Danielle Cristina, esposa de Marcelo, recebe R$ 6 mil para atuar como assessora, enquanto a mãe do subsecretário exerce a mesma função por um salário de R$ 2,5 mil.

A irmã de Marcelo foi exonerada no ano passado, mas seu ex-marido e o sobrinho do secretário ainda estão na pasta, recebendo salários quase R$ 8 mil.

Em entrevista, Fernando Conhasca, ex-cunhado do subsecretário, confirmou que Danielle e Áurea Regina não são encontradas no prédio. 

Continua após a publicidade

Especialista alerta sobre violação da moralidade

Felipe Fonte, especialista em Direito Administrativo da FGV do Rio, ressalta que o STF considera o nepotismo uma violação ao princípio da moralidade, podendo resultar em ação de improbidade administrativa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários