Sexta, 14 de Junho de 2024
22°

Tempo limpo

Rio de Janeiro, RJ

Polícia Caso Sophia

Pedreiro confessa morte de menina de 11 anos após 35 facadas

Edmilson confessou o crime de estupro de vulnerável, homicídio e ocultação de cadáver.

29/05/2024 às 12h19
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Reprodução da internet
Reprodução da internet

Edilson Amorim dos Santos Filho, de 47 anos, foi preso pelo homicídio de Sophia Ângelo Veloso da Silva, de 11 anos. Confessou o crime de estupro de vulnerável, homicídio e ocultação de cadáver.

O pedreiro agiu com extrema agressividade e crueldade ao desferir mais de 35 facadas na criança. O corpo de Sophia foi encontrado em uma caçamba de lixo na Ilha do Governador. 

Segundo o delegado Felipe Santoro, o criminoso planejou ocultar o corpo para garantir sua impunidade. Seus parentes aguardam a liberação do corpo no Instituto Médico Legal do Centro do Rio.

"Ele arrancou uma parte de mim", desabafa o pai da menina. Edilson foi levado sob protestos para a Polinter e aguarda os laudos finais da perícia para mais detalhes sobre o crime horrendo.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários