Sábado, 22 de Junho de 2024
20°

Neblina

Rio de Janeiro, RJ

Saúde Linha dura

Ministra da Saúde exonera coordenador de administração hospitalar no Rio

Nísia Trindade exonerou Carlos Ney Pinho Ribeiro, que ocupava cargo há três meses, e nomeou Paula Lemos Ferreira Glielmo em seu lugar

28/05/2024 às 20h05
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Redação ND1
Redação ND1

Na terça-feira (28), a ministra da Saúde, Nísia Trindade, exonerou o coordenador-geral de administração hospitalar no Rio de Janeiro, Carlos Ney Pinho Ribeiro, que estava no cargo há pouco mais de três meses. A exoneração foi publicada no Diário Oficial. Carlos Ney era responsável pelas compras dos seis hospitais federais no Rio. 

A ministra Nísia Trindade já nomeou uma substituta: Paula Lemos Ferreira Glielmo, funcionária do Ministério da Saúde. O documento assinado pela ministra esclarece que, na nova função, Paula Glielmo passa a ter competência para autorizar gastos, emitir e anular empenhos, promover a liquidação das despesas, processar a movimentação financeira e designar servidores para fazê-lo.

Os hospitais federais do Rio vêm enfrentando problemas como falta de médicos, de insumos, aparelhos quebrados, materiais vencidos e até problemas na rede elétrica, o que coloca em risco médicos, funcionários e pacientes. Como mostrou o RJ2, a ministra vem sofrendo pressões de vários grupos em disputas por loteamento de cargos.

Em março, o governo federal anunciou a criação de um comitê para cuidar da gestão dos seis hospitais, a fim de garantir maior controle na distribuição dos insumos, evitando falta ou desperdício.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários