Sábado, 22 de Junho de 2024
20°

Neblina

Rio de Janeiro, RJ

RJ Notícias Exercício

Colosso dos mares: USS George Washington chega ao Rio para exercício naval

Porta-aviões americano com tecnologia de ponta participa de manobras no Brasil

21/05/2024 às 13h07 Atualizada em 26/05/2024 às 23h12
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Reprodução da internet
Reprodução da internet

O USS George Washington, porta-aviões americano que atracou no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (20), é uma verdadeira cidade flutuante, ostentando dimensões e capacidades que o colocam em uma categoria à parte no cenário militar global. Com 333 metros de comprimento, ele se destaca como um dos maiores navios de guerra do mundo, transportando consigo uma força aérea completa e tecnologias de última geração.

Um gigante dos mares:

Comprimento: 333 metros (equivalente ao tamanho do edifício Chrysler em Nova York)

Propulsão: Dois reatores nucleares, motores a diesel e turbinas a vapor

Continua após a publicidade

Autonomia: Estima-se que os reatores nucleares do USS George Washington possam operar por 20 anos sem reabastecer.

Capacidade: 6.000 pessoas e 90 aeronaves, incluindo caças e helicópteros.

Arsenal aéreo de última geração:

O USS George Washington ostenta uma impressionante frota aérea, incluindo caças de última geração como o Boeing F/A-18F Super Hornet e o Lockheed Martin F-35C Lightning II. A presença do F-35C é especialmente significativa, pois marca a primeira vez que um caça "stealth" de 5ª geração voará no espaço aéreo brasileiro. Essa categoria de aviões possui tecnologia que os torna praticamente invisíveis para alguns tipos de radar.

Continua após a publicidade

Mais do que um navio de guerra:

O USS George Washington não se limita apenas à sua força militar. A embarcação também serve como um centro de diplomacia e cooperação entre os EUA e seus parceiros no Brasil e na América do Sul. Durante sua visita, o navio receberá a bordo autoridades brasileiras e membros da Marinha para intercâmbios de conhecimento e fortalecimento das relações bilaterais.

Motivo da visita:

A presença do USS George Washington no Brasil faz parte do exercício naval Southern Seas 2024, realizado pelo Comando Sul dos EUA/4ª Frota nos próximos meses. O exercício contará com a participação de diversas nações da América do Sul, incluindo Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai.

Celebrando 200 anos de parceria:

A operação Southern Seas 2024 marca um momento histórico nas relações entre o Brasil e os EUA, comemorando 200 anos de diplomacia e cooperação. O exercício naval reflete o compromisso contínuo dos dois países em trabalhar juntos em prol da segurança coletiva, da paz e do desenvolvimento regional.

Pontos importantes:

O USS George Washington é um dos maiores e mais poderosos porta-aviões do mundo.

Continua após a publicidade

A embarcação transporta consigo uma força aérea completa e tecnologias de última geração.

A presença do USS George Washington no Brasil faz parte do exercício naval Southern Seas 2024.

O exercício naval celebra 200 anos de relações diplomáticas entre o Brasil e os EUA.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários