Quarta, 24 de Julho de 2024
18°

Neblina

Rio de Janeiro, RJ

Municípios IBGE

Rio e mais 8 cidades da Região Metropolitana 'encolheram' em população, aponta Censo

Ao todo, 27 municípios do Rio de Janeiro viram sua população diminuir nos últimos 12 anos. Os dados fazem parte do Censo 2022, divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

28/06/2023 às 10h15 Atualizada em 28/06/2023 às 10h39
Por: Elise Ventura
Compartilhe:
Reprodução da internet
Reprodução da internet

De acordo com o Censo nove das 22 cidades da Região Metropolitana do Rio de Janeiro perderam população nos últimos 12 anos, segundo dados do Censo 2022.

A pesquisa foi divulgada nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar de o estado como um todo ter visto sua população crescer 0,40%, chegando a 16.054.524 habitantes no último ano, 27 municípios apresentaram redução populacional.

A cidade mais impactada, proporcionalmente, foi São Sebastião do Alto, na Região Serrana. O número de habitantes diminuiu 12% em 12 anos, passando de 8.895 habitantes para 7.750. 

A Capital 'perdeu' 109 mil habitantes Entre as nove cidades da Região Metropolitana que diminuíram sua população, o maior destaque ficou com a capital fluminense. Em 2010, data do último Censo do IBGE, o município do Rio contava com 6.320.446 moradores. Agora, a cidade passou a ter 6.211.423. Uma redução de 109.023 pessoas, ou 1,7%. 

Continua após a publicidade

Censo 2022 do IBGE: Nove cidades da Região Metropolitana do RJ reduziram sua população O instituto divulgou dados do Censo 2022 nesta quarta-feira (28). A comparação foi feita com dados de 2010, último ano da pesquisa 

A capital sofreu com a maior queda populacional do estado em números absolutos. Já a cidade de São Gonçalo teve um índice proporcional maior. Em 2010, o município contava com 999.728 habitantes. A população de São Gonçalo chegou a 896.744, em 2022. A redução foi de 10,3%, a maior variação negativa entre todas as cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes. Em números absolutos, a redução populacional de São Gonçalo foi de 102.984 pessoas.

6 cidades entre as 20 que mais reduziram

A cidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a terceira maior do estado, também registrou queda de sua população nos últimos 12 anos. O município passou de 855.048 moradores, para 808.152. Uma variação negativa de 5,5%. 

Continua após a publicidade

As cidades de Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, São João de Meriti e Mesquita também registraram redução populacional. Entre esses municípios, Nilópolis, na Baixada Fluminense, foi a que teve o maior indicador de redução populacional, com uma variação de 6,8%, em 12 anos.

Fora do Grande Rio, a cidade que mais perdeu moradores foi Petrópolis, na Região Serrana, com redução de 5,8% da população, passando de 295.917 para 278.881 pessoas no município. Segundo o levantamento mais recente do IBGE, seis cidades do Rio de Janeiro ficaram entre os 20 municípios que mais reduziram sua população em todo o Brasil. São elas: 

São Gonçalo reduziu sua população em 10,3% Nilópolis reduziu sua população em 6,8% Petrópolis reduziu sua população em 5,8% Duque de Caxias reduziu sua população em 5,5% Barra Mansa reduziu sua população em 4,5% São João de Meriti reduziu sua população em 3,9% 

População de Maricá cresce 54,8%

Na contramão das maiores cidades do Rio de Janeiro está o município de Maricá, que aumentou sua população em 54,8%, nos últimos 12 anos. O município que tinha 127.461 habitantes em 2010, passou a ter 197.300 moradores, segundo a última pesquisa do IBGE, em 2022. No período, o município cresceu sua população em 69.839 pessoas. 

Marica foi a 9ª cidade brasileira que mais aumentou sua população, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes. 

O município de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, também aparece entre essas cidades. Com um aumento de 48,1% de sua população em 12 anos, Rio das Ostras é a 12ª cidade que mais viu sua população crescer em todo o país. O município passou de 105.676 habitantes, em 2010, para 156.491 moradores em 2022.

Censo do IBGE

Continua após a publicidade

O Censo é uma pesquisa realizada pelo IBGE para fazer uma ampla coleta de dados sobre a população brasileira. Ela permite traçar um perfil socioeconômico do país, já que conta os habitantes do território nacional, identifica suas características e revela como vivem os brasileiros. 

Todos os 5.568 municípios brasileiros, mais dois distritos (Fernando de Noronha e Distrito Federal), num total de 5.570 localidades, receberam visita de recenseadores. Segundo o IBGE, foram visitados 106,8 milhões de endereços em 8,5 milhões de quilômetros quadrados. Foram respondidos 79.160.207 questionários, dos quais 88,9% com 26 quesitos e 11,1% com 77 quesitos. No total, 98,88% das entrevistas foram presenciais; o restante foi pela internet ou telefone.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários