Domingo, 13 de Junho de 2021 02:01
2120106841
Dólar comercial R$ 5,12 1.12%
Euro R$ 6,2 +0.6%
Peso Argentino R$ 0,05 +1.08%
Bitcoin R$ 189.900,12 -5.771%
Bovespa 129.441,03 pontos -0.49%
Política Política

Relator da MP da Eletrobras deve apresentar parecer esta semana

Expectativa é que votação em plenário ocorra na quinta-feira

08/06/2021 22h07
Por: Redação ND1 Fonte: EBC
© Leonardo Sá/Agência Senado
© Leonardo Sá/Agência Senado

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), relator da medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras, pretende entregar seu parecer ainda esta semana. Segundo ele, a ideia é votar o texto em plenário na quinta-feira (10) ou no início da semana que vem. Rogério se encontrou com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na tarde de hoje (8) e falou após o encontro.

“Vamos apresentar um relatório que vai procurar reunir as convergências. E nos pontos que houver divergências, vamos submeter a voto. Mas o nosso esforço, num compromisso que fiz com o ministro Paulo Guedes, é de apresentar o relatório ainda esta semana e votarmos, se não na quinta-feira, no início da próxima semana”, disse o relator.

O senador afirmou que vai tentar deixar o texto mais próximo do que foi aprovado na Câmara. “Não descarto a possibilidade de acolher emenda. É prerrogativa dos senadores sugerir melhorias, faz parte do processo. Mas o nosso esforço é trabalhar com o texto que veio da Câmara, e que há um entendimento com o governo, sem grandes alterações”.

Auxílio emergencial

Na saída do encontro, Guedes foi questionado por jornalistas sobre uma possível prorrogação do auxílio emergencial. Ele afirmou que a decisão é do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da Cidadania, João Roma, e que cabe a ele fazer os cálculos de impacto nos cofres públicos. Segundo ele, cada mês de pagamento do auxílio traz um gasto de R$ 9 bilhões. O auxílio atual está previsto até o mês de julho.

Guedes citou uma “expectativa geral” de que todos os brasileiros adultos estejam vacinados em “dois, três meses” e, com isso, o auxílio seria necessário até setembro. “Existe uma expectativa geral de que nos próximos dois, três meses a população adulta brasileira esteja toda vacinada. E é o ritmo da pandemia que dita a necessidade de extensão do auxílio emergencial. Dois meses a mais, seriam R$ 18 bilhões [a mais]”, disse Guedes. Ele acrescentou que esse valor cairia para R$ 11 bilhões por causa de R$ 7 bilhões que sobraram do último auxílio pago pelo governo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rio de Janeiro - RJ
Atualizado às 01h58 - Fonte: Climatempo
19°
Céu encoberto

Mín. 16° Máx. 23°

19° Sensação
6 km/h Vento
88% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Terça (15/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens