Sábado, 22 de Junho de 2024
20°

Neblina

Rio de Janeiro, RJ

Entretenimento Streaming

Sem conseguir estruturar o departamento de novelas, Silvio de Abreu deixa HBO Max

A informação foi revelada pelo colunista Flávio Ricco, do portal R7, do grupo Record. "Preferi sair para trabalhar em outros projetos sem exclusividade", explicou o novelista, em entrevista ao colunista.

15/03/2023 às 16h32 Atualizada em 15/03/2023 às 18h36
Por: Redação ND1
Compartilhe:
Foto: Divulgação / Reprodução
Foto: Divulgação / Reprodução

Silvio de Abreu anunciou na noite desta terça (14) que se desligou oficialmente da área de dramaturgia da HBO Max. Ex-chefão da Globo, o autor de Rainha da Sucata (1990) foi uma das apostas para alavancar a produção de telesséries para o serviço de streaming. Ele deixa o cargo após um ano e meio para se dedicar a outros projetos, informou o site Notícias da TV.

A informação foi revelada pelo colunista Flávio Ricco, do portal R7, do grupo Record. "Preferi sair para trabalhar em outros projetos sem exclusividade", explicou o novelista, em entrevista ao colunista.

Abreu era responsável por acompanhar a produção de uma série de tramas para a América Latina, entre elas Segundas Intenções. A telessérie seria a estreia nos folhetins de Raphael Montes -- um dos expoentes da literatura policial no Brasil e roteirista por trás de Bom Dia, Verônica, da Netflix.

Silvio não só escreveu sucessos como Belíssima (2005) nos 42 anos que passou na Globo. À frente do departamento de dramaturgia, ele também promoveu um processo de reformulação de autores --lançando como titulares Lícia Manzo, Duca Rachid, Thelma Guedes, Ângela Chaves, Alessandra Poggi e Manuela Dias.

Continua após a publicidade

Trajetória na HBO Max

Abreu foi anunciado como reforço da HBO Max em outubro de 2021. O ex-autor da Globo chegou no streaming para produzir novelas curtas e trouxe consigo duas peças importantes da emissora, Monica Albuquerque e Edna Palanatik.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários